4 Dicas para ter um Day After Enrolado Incrível.

4 Dicas para ter um Day After Enrolado Incrível.

Olá Enroladas, estou aqui de volta para dar as minhas tão queridas diquinhas, como sempre, eu adoro dicas. A gente vive numa correria tão grande que vez ou outra essas diquinhas nos salvam.
Encontramos pela internet muitas dicas e modos de preparar o cabelo antes de dormir e até mesmo como lavar, para ter um bom Day After. Eu confesso no inicio foi meio difícil pra mim, por que primeiro, eu não sabia nem o que era um Day After, o que é normal pra você que está entrando nesse mundo de cabelos, são tantas siglas e nomes, de inicio a gente confunde(eu vivia confundindo).
O Day After nada mais é no velho e bom google tradutor, um “dia após dia”. Que na prática é, você lavar o cabelo, finalizar e no outro dia ele estará lindo, ponto para ahazar. Mas as vezes não é tão simples assim, principalmente para nós enroladas. O mundo das cacheadas na internet é enorme, pra todo lado que você for tem Cacheadas dando um milhão de dicas, muitas se aplicam a nós, mas outras não, e particularmente com o  Day After é assim. Dicas como o coque abacaxi e a fronha de cetim são dicas coringas para os nossos cabelos, realmente ajudam bastante em manter a forma e definir o cabelo no dia seguinte. Mas eu separei algumas dicas básicas para que nós, Enroladas, também possamos ter um bom Day After.
Dica 1: Conheça o seu cabelo, experimente. Como eu e as meninas vivemos falando aqui no blog, as vezes o que super funciona no meu cabelo pode não funcionar no da Mari, da May e da Maisa. Conhecer o seu cabelo é essencial para tudo! Então testar, torna-se a primeira lei de toda enrolada. Você pode não gostar do resultado do coque abacaxi, então que tal experimentar prender o cabelo de outra forma? Quando o meu cabelo estatava mais curtinho, eu dormia de trancinhas, o que ajudava bastante na definição do dia seguinte. Teste!
cortando-cabelo-criança
Dica 2: Você já parou pra pensar que o seu Bad Day After pode está sendo causado por aquele creminho novo que você comprou?
Já aconteceu comigo e vivenciar isso é muito chato. Você compra o creme toda empolgada, lava os cabelos, hidrata e no dia seguinte ele acorda super seco e todo bagunçado. Se você quer ter um bom Day After é melhor usar um produto que já conhece, assim facilita e muito o dia seguinte.
Dica 3: Os óleos são mágicos! Sempre após finalizar eu uso aquele óleo favorito e no dia seguinte fica muito mais fácil de arrumar como eu quero. Assim eu mantenho forma e volume do jeitinho que eu amo. Então experimente os mais diversos óleos que temos entre os 100% naturais, os liberados, encontre o seu preferido e tenha certeza, ele vai lhe ajudar muito.
oleo1
 
Dica 4: O Plopping pode ajudar você! Após lavar os cabelo eu sempre tento fazer o Plopping, por isso sempre preciso de tempo para lavar os cabelos. Um bom day after também está no tempo que você dispôs para lavar e finalizar os seus cabelos, e também como você fez isso. Muitas meninas Cacheadas usam e indicam essa técnica e ela é realmente ótima para definir. O Plopping é uma técnica de secagem para cabelos ondulados e cacheados, ele basicamente ajuda a criar uma estrutura mais definida no cacho antes de terminar a secagem com o secador ou naturalmente. O ideal é fazer com uma camisa de algodão que envolva toda a cabeça. Como tem passo a passo nas imagens a seguir: 
 plopping meio enrolada

1. Lave os cabelos normalmente, aplica os finalizadores (leave-in, cremes etc.)
2. Espalhe uma camisa de algodão na cama ou em qualquer lugar plano. Toalha de banho não vale. O felpudo suga todos os finalizadores e causa frizz nos cabelos, além de com o atrito, perdermos a massa capilar. Se não tiver uma toalha de microfibra, uma camiseta que você não usa mais, serve.
3/4. Enrola os 2 lados da camisa buscando um formato de bombom. Diferente da imagem, o legal é enrolar ainda na cama. E amarra-os lá atrás pra fazer a touquinha, como na imagem 4. 
Depois de seguir essas dicas, no dia seguinte será muito mais fácil de arrumar os cabelos e ter um LINDO DAY AFTER! ♥
11777459_1605993413002335_422371279_o
E esse é o meu Day After lindo depois de 2 dias! ❤ ❤ ❤
Anúncios
Low Poo: Sem neuras!

Low Poo: Sem neuras!

Olá enroladinhas, hoje vou explicar sobre a rotina Low Poo e como aderir sem ter neuras!

 Low= pouca; Poo= espuma; logo significa fazer pouca espuma.

 Sulfate Free_thumb[2]

Essa rotina é baseada no livro de Lorraine Massey, Curly Girl, que se refere ao não uso de algumas substâncias que comprometem a hidratação e a saúde dos cabelos e à técnicas diferenciadas para tratar os fios encaracolados.

O low poo é basicamente não fazer uso de surfactantes agressivos aos fios e evitar produtos que não podem ser retirados sem os mesmos. Os mais conhecidos surfactantes são o Sodium Lauryl Sulfate (LSS) e Sodium Laureth Sulfate, que estão presentes na maioria dos shampoos encontrados no mercado nacional.  Os sulfatos são responsáveis pela espuma e super limpeza, daí o nome low poo.

O problema de se usar sulfatos nos cabelos é que ele não retira somente o sebo, mas retira junto lipídeos e outras vitaminas essenciais para a saúde dos fios. Além disso, o LSS é um produto que pode causar alergias e a descamação do couro cabeludo. Os sulfatos também causam efeito rebote quando usado em excesso: ele retira todo o óleo do couro cabeludo e da pele, e o corpo fica sem essa camada de proteção, que acaba mandando uma mensagem ao cérebro para produzir mais sebo, fazendo com que cabelos e peles fiquem oleosos (o que pode causar até espinhas e cravos. Acredite, passei por isso).

 Para aderir à técnica deve-se abandonar também o uso de parafinas, óleos minerais e silicones insolúveis em água.  Essas substâncias, na verdade, de nada servem a não ser aumentar os rótulos dos produtos (mais trabalho… pra dar preguiça de ler). O que acontece é que esses petrolatos (derivados de petróleo) formam uma camada sobre o fio, a indústria cosmética diz que é proteção, pra selar a hidratação, mas na verdade, do mesmo jeito que ela sela para não sair água, ela sela pra não entrar. Funciona como uma maquiagem dos fios: por fora ficam com brilho, mas por dentro ficam sem nutrientes suficientes para se manterem saudáveis. Outra coisa importante é que para retirar esses derivados do cabelo os sulfatos devem ser usados, o que não ajuda, já que como eu disse anteriormente eles retiram toda a proteção natural do cabelo.

Inicialmente essa técnica foi dedicada aos caracóis, uma vez que os mesmos são mais secos que os lisos (questão de entender a estrutura: nos cabelos lisos o óleo percorre um caminho reto até as pontas, já nos cacheados ele têm que fazer curvas, não sendo suficiente pra chegar até o fim), porém é uma técnica que pode beneficiar todos os tipos de cabelos.

lowpoo

Eu sou adepta do low e gosto, porque não fico presa a muitos padrões como no No Poo (em breve post sobre ele) e consigo manter meus fios com o mínimo de dignidade (haha). Engana-se quem acha que é difícil e cara a manutenção. Pelo contrário, apesar dos shampoos serem um pouco mais caros, os cremes e máscaras compensam (temos o Yamasterol que não passa de cinco dinheirinhos).

 yamasterol

Uma coisa super importante é que se você pretende adotar essa rotina na sua vida, é bom adotá-la gradualmente, porque como tudo no mundo tem de haver a adaptação. Não vá achando que tirando os sulfatos seu cabelo vai ficar lindo da noite para o dia. Se não for gradual, o cabelo pode sofrer como se fosse uma pequena transição capilar (sim você leu direito: TRANSIÇÃO).  Troque primeiramente o uso dos petrolatos, e só depois de alguns meses retire os sulfatos para o cabelo não sentir bruscamente (eu passei por isso, e não foi legal…). O mais interessante é que usando o low, eu consegui descobrir como meu cabelo realmente é de verdade: MEIO ENROLADO!

Enfim, cada cabelo uma sentença, é raro conhecer meninas que não se adaptaram a técnica se usada corretamente. Mas se você usa ou pretende usar, conta pra gente nos comentários, ficaremos super satisfeitas em ajudar.

Referências de pesquisa:Grupo No/low Poo;Blog Cacheia

Post feito por Marianne Gama

E para dormir: Abacaxi nele!

E para dormir: Abacaxi nele!

Vamos falar a verdade meninas: existe coisa mais perfeita do que acordar com o cabelo lindo? Apenas soltar a juba e fim, estar pronta para sair?

Pois bem, essa é apenas uma das qualidades desse coque.

Mas então o que seria o coque abacaxi?

Nada mais do que prender todo o cabelo no topo da cabeça com um prendedor que não marque, de preferência aqueles feitos de meia. E para isso basta jogar todo cabelo para frente e prender, sem muita força nem perfeição, já que o coque serve apenas para dormir bem.

abacaxi

E quais os benefícios desse coque tão estranho?

Para mim e para tantas cacheadas que costumam usá-lo, esse jeito exótico de dormir garante que o cabelo acorde bonito no dia seguinte, ou seja, com menos frizz, com os cachos definidos (já que durante a noite muitas vezes o atrito das madeixas com o travesseiro pode danificar os mesmos) e com um volume na medida certa já que ele ajuda a levantar um pouco a raiz.

E muitas vezes basta apenas soltar o coque e seu cabelo continua lindo como no dia anterior e você pode sair de casa sem precisar perder horas em frente ao espelho tentando modelar o cabelo com água e creme ou então lavá-lo todos os dias de manhã.

abacaxi2

E agora é só colocar em prática a técnica e acordar feliz da vida!

Uma finalização de respeito: fitagem

Uma finalização de respeito: fitagem

Nada melhor do que cabelos bonitos, controlados e cachos definidos durante um dia inteiro e por isso a dica de hoje é a fitagem.
Para explicá-la eu fiz um passo a passo de como finalizo o meu cabelo para vocês verem como é um procedimento simples e com um resultado maravilhoso!

PhotoGrid_1424174490149

1. Depois do banho com o cabelo bem úmido e hidratado começo a finalização.
2.Penteio com um pente de madeira e divido as madeixas da forma que me parece melhor
3. Depois disso, separo meu cabelo em três partes: duas nas laterais e uma atrás.

Nesse momento começa a fitagem:
PhotoGrid_1424174652575

1. Pego a mecha da lateral.
2. Divido a mesma em uma mecha mais fina de cabelo e passo uma quantidade de creme nela. Cada cabelo necessita de uma quantidade certa. O meu, por exemplo, necessita de cremes mais pesados. Costumo usar algo equivalente a uma moeda de 10 centavos para cada mechinha de cabelo.
3. Passo o creme por todo o cabelo, principalmente nas pontas e exceto na raíz.
4. Com o mesmo pente de madeira que penteei todo o cabelo, penteio essa mechinha com creme formando fitinhas de cabelo.
5 e 6. Com as mãos amasso bem a mecha de cabelo.
7. O resultado da fitagem são cabelos em fitinhas e bem ondulados.
8. Faço isso por todo o cabelo.

E para dar volume…

PhotoGrid_1424174727887

1. Com um pente garfo levanto toda a raíz do meu cabelo, colocando ele por dentro do cabelo e levantando a raíz com ele o máximo que posso.

Truque do grampo:
2. Com dois grampos eu pego a parte da franja, jogando a mesma para a frente(3), amassando e jogando para trás, sem muito alinhamento e prendendo com os grampos(4).

Pronto, agora só esperar a juba secar!

PhotoGrid_1424173062954

E o resultado é um cabelo definido, cacheado e com um volume na medida certa!

666cbed49af769b38be0b822e27c5d7c

Boa sorte!

O verão chegou e agora?

O verão chegou e agora?

Nessa época do ano, o calor nos convida a um mergulho de mar ou tibum na piscina. É natural que as ondas fiquem mais definidas pela maresia e/ou pelo cloro, o que nos deixa despreocupadas com as nossas ondinhas, não se enganem pela definição, o ressecamento está ali mas com o tratamento certo seu cabelo pode continuar lindo no verão e depois dele.

A primeira coisa pra se ter é um qualquer finalizador bem hidratante, de preferência que ele tenha protetor solar. Se seu cabelo for tingido é melhor você investir num produto específico pra evitar desbotamento. Uma ótima dica pra depois de sair do mar é enxaguar o cabelo com água de coco natural e reaplicar o creme finalizador.

Minha indicação é esse leave-on da Amend.
Bepantol Derma Líquido

É importante usar um shampoo com componentes bem limpantes, para tirar todo o cloro e o sal, mas lembre-se que ele não pode ser anti-resíduos. E depois é necessário hidratar os cabelos com creme que tenham componentes hidratantes, é sempre bom que esse cremes sejam batizados com Bepantol Líquido

Então, meninas, essas são minhas dicas. Esperem que aproveitem o sol, o mar e a piscina. Um cheiro